Pular para o conteúdo principal

Seis de Ouros, a carta da generosidade.

Seis de Ouros
Generosidade. Doação de recursos a outras pessoas, retribuição. Gratidão.
A carta mostra um homem a dar esmolas a um pedinte enquanto outro espera para, talvez, receber também.
Na mão esquerda, o doador segura uma balança, símbolo de equilíbrio e de justiça.
Dar e receber devem ser equilibrados. Tanto somos doadores quanto receptores de emoções, sentimentos, palavras, gestos, como também de dinheiro, riqueza, possibilidades e energias positivas e negativas.
Podemos estar na posição de qualquer um dos personagens apresentados. Temos pessoas que precisam de nossa doação, pessoas a quem devemos gratidão e retribuição por serviços prestados, por servirem-nos.
Agradecimentos e oferendas, gorjetas, presentes.
Quando se quer receber favores dos Deuses, Eles devem ser agradados. Trabalho é doação, dinheiro é doação de vida para quem esteja necessitando; é também retribuição, reconhecimento do valor de um produto ou serviço.
A balança lembra que devemos avaliar a quem devemos ajudar, com quem devemos ser mais generosos, de acordo com o merecimento de cada um.
O fluxo de energias trocadas se interliga entre as diversas áreas da vida; o benefício que se faz a alguém ou o prejuízo que se causa em alguém na nossa vida profissional, por exemplo, poderá ser retribuído com um favorecimento na vida amorosa; e vice-versa.
Da mesma forma, problemas na via amorosa podem estar relacionados a dar demais a uma só pessoa ao invés de ser generoso com todas as pessoas.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Método de jogo da Mesa Real, ou Grand Tableau, no Baralho Petit Lenormand, o Baralho Cigano.

Última Lua Minguante de 2017

Estamos na última fase de Lua Minguante do ano de 2017, momento ideal para ritualizar o fim de todas as dificuldades para que uma nova fase comece na sua vida pessoal e profissional, mentalizar a solução de todos os problemas que o afligiram, o afastamento das inimizades e de toda a negatividade. Aproveite para finalizar tudo o que estiver pendente, resolver todos os assuntos que lhe incomodaram ao longo do ano e, por vezes, há muitos e muitos anos, uma vez que este ano foi regido pelo planeta e pelo Deus Saturno, Senhor do Tempo. É hora de banir as dores, os amores que não deram certo, os problemas de saúde, medos, inseguranças e crises, a palavra que esteve na mente de tantos brasileiros. No seu banho diário, mentalize que a água que cai, o limpa de todos os seus problemas, de tudo de ruim que tem enfrentado, de todos os inimigos internos e externos, pensamentos e sentimentos negativos; pise na terra descalço quando puder, visualize luz branca sobre você e sobre as pessoas que ama,…

2018, o Ano do Cão

O ano de 2018 será regido por Júpiter, planeta da expansão, da proteção e da abundância. Na mitologia romana, Júpiter é filho de Saturno, que é o regente planetário do ciclo astrológico maior que estamos passando a partir de 2017 até o ano de 2052. Júpiter é o Deus Pai, Senhor da Justiça e o ano traz as suas energias positivas, tendendo a ser um ano de progresso e de prosperidade para todos aqueles que trabalham e se relacionam com honestidade e boas intenções. Pelo Horóscopo Chinês, será o ano do Cão, e do elemento Terra. O ano-novo chinês começa na noite da lua nova mais próxima do dia em que o sol passa pelo décimo quinto grau de Aquário; em 2018, começará no dia 16 de fevereiro.  Por esta interpretação, o ano será de valorização da honestidade, também e da lealdade, amizade e fidelidade, com a tendência a que se prefira vínculos e investimentos que oferecem segurança ao invés de riscos. As previsões mais importantes são as previsões pessoais, pois é de acordo com o equilíbrio de…