Pular para o conteúdo principal

Para entender melhor as cartas do Tarô (I)

Ao longo destes mais de 20 anos aprendendo, ensinando e praticando o Tarô, tive oportunidade de conhecer milhares de pessoas, de diversos locais, crenças, estilos de vida, orientações sexuais e ideológicas, classes sociais e culturas. Cada pessoa precisa ser orientada de acordo com a sua situação, sua realidade, suas possibilidades, seu modo de pensar e de agir. Não se pode dar os mesmos conselhos e orientações de forma unificada, cristalizando os significados das cartas como sempre sendo os mesmos para todas as pessoas e situações apresentadas. As cartas, também chamadas de Arcanos, palavra que significa o saber oculto, o segredo e o fundamento do arquétipo, possuem significados básicos, dos quais não se pode fugir, que servem como palavras-chave para que se tenha de onde partir no estudo e na compreensão do que o oráculo quer dizer. Mas além dos significados básicos, elas possuem também desdobramentos destes, aspectos mais amplos que precisam ser conhecidos para que se possa adaptar os símbolos expressos em cada imagem às infinitas situações de vida que cada consulente traz. A(o) taróloga(o) deve compreender cada arquétipo apresentado da forma mais ampla possível, observar o jogo como um todo, pois as cartas se complementam e dialogar com o consulente para que se defina qual nuance do arcano está sendo apresentada. Cada cliente é um universo diferente, por mais que os problemas possam ser semelhantes. Cada pessoa age de forma diferente e não deve haver uma linha de conduta determinada pelo tarólogo como sendo a melhor para todos, de acordo com suas crenças pessoais. Um bom tarólogo deve manter um distanciamento entre sua conduta e crenças pessoais e aquilo que ele aconselha a cada cliente. Para isto, precisa ser flexível, procurar conhecer e entender as necessidades e anseios de cada pessoa que nos procura, respeitando as diferenças entre o que eu faria e o que o outro vá fazer, exercitar a alteridade. Para possibilitar uma leitura coerente, temos os sistemas de leitura, os diversos tipos de jogos de Tarô, que possuem casas nominadas, ou seja, posições definidas em que as cartas aparecem. Nós, tarólogos, combinamos os significados das cartas com o significado das casas em que elas estão. Existem inúmeros tipos de jogos e jogadas novas podem ser criadas por cada jogador, mas a dinâmica é esta. Temos as tiragens clássicas, que algumas vezes levam os nomes dos magistas que as criaram, outras são nomeadas pelo formato que irão apresentar na mesa, outras ainda pela área da vida que pretendem esclarecer. A profundidade que uma leitura pode atingir é infinita e variável de acordo com a capacitação e com as habilidades naturais de cada profissional mas também com o significado das casas. Exemplo, uma casa denominada simplesmente “passado” pode dar margem a expandir a consciência do leitor e fazer com que ele veja diversos momentos diferentes do passado, mas se há duas casas, uma “passado remoto” e outra “passado recente”, facilita muito, não é mesmo? Mais ainda quando a casa diz: “influências do passado que me trouxeram à atual situação”. Deu para entender um pouquinho como funciona?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Método de jogo da Mesa Real, ou Grand Tableau, no Baralho Petit Lenormand, o Baralho Cigano.

2018, o Ano do Cão

O ano de 2018 será regido por Júpiter, planeta da expansão, da proteção e da abundância. Na mitologia romana, Júpiter é filho de Saturno, que é o regente planetário do ciclo astrológico maior que estamos passando a partir de 2017 até o ano de 2052. Júpiter é o Deus Pai, Senhor da Justiça e o ano traz as suas energias positivas, tendendo a ser um ano de progresso e de prosperidade para todos aqueles que trabalham e se relacionam com honestidade e boas intenções. Pelo Horóscopo Chinês, será o ano do Cão, e do elemento Terra. O ano-novo chinês começa na noite da lua nova mais próxima do dia em que o sol passa pelo décimo quinto grau de Aquário; em 2018, começará no dia 16 de fevereiro.  Por esta interpretação, o ano será de valorização da honestidade, também e da lealdade, amizade e fidelidade, com a tendência a que se prefira vínculos e investimentos que oferecem segurança ao invés de riscos. As previsões mais importantes são as previsões pessoais, pois é de acordo com o equilíbrio de…

Última Lua Minguante de 2017

Estamos na última fase de Lua Minguante do ano de 2017, momento ideal para ritualizar o fim de todas as dificuldades para que uma nova fase comece na sua vida pessoal e profissional, mentalizar a solução de todos os problemas que o afligiram, o afastamento das inimizades e de toda a negatividade. Aproveite para finalizar tudo o que estiver pendente, resolver todos os assuntos que lhe incomodaram ao longo do ano e, por vezes, há muitos e muitos anos, uma vez que este ano foi regido pelo planeta e pelo Deus Saturno, Senhor do Tempo. É hora de banir as dores, os amores que não deram certo, os problemas de saúde, medos, inseguranças e crises, a palavra que esteve na mente de tantos brasileiros. No seu banho diário, mentalize que a água que cai, o limpa de todos os seus problemas, de tudo de ruim que tem enfrentado, de todos os inimigos internos e externos, pensamentos e sentimentos negativos; pise na terra descalço quando puder, visualize luz branca sobre você e sobre as pessoas que ama,…